SEGUE - ME


”No dia seguinte Jesus resolveu ir para a Galileia. Encontrando a Filipe, disse-lhe: Segue-me.”- João 1:43


Jesus, tão somente disse a este discípulo “segue-me”. Foi apenas isto, um “segue-me”, e o seguiu.


É maravilhoso pensar: “como foi possível largar sua vida e segui-lo?” São tremendos estes encontros e diálogos. Será que hoje nós largaríamos nossas vidas, nossos a fazeres, e iríamos após Ele? E é neste ponto que reside a maravilha desta passagem. Jesus o escolheu, e ele O aceitou.Jesus também nos escolheu, mas será que nós aceitamos?


Será que o seguimos?

O que é seguir a Jesus?


Alguém irá com certeza afirmar com a boca “cheia”, que segue a Jesus. Mas, se analisar, com sinceridade, verá que o segue de longe. Lucas 22:54: ”Então, prendendo-o, levaram, e o introduziram na casa do sumo sacerdote, Pedro seguia-o de longe.”


Pedro não vivia Cristo com intimidade, com realidade, com verdade, ele O seguia de longe, como sempre o fez. E, na verdade, a grande maioria de nós O segue desta forma.


Limitamos o nosso seguir a Cristo diante de alguns valores quando nos deparamos com situações que exigem de nós a postura de seguidores de Jesus.


Seguir a Cristo, não é seguir “mais ou menos”, ”eu sigo um pouco, um pouco não sigo”.


Assim fazemos nós muitas vezes, olhamos a Cristo e o seguimos por um pouco, dali outro pouco, olhamos para os nossos interesses e o perdemos de vista, e então nos desesperamos.


Seguir a Cristo é segui-lo sempre, com os olhos fitos nele.


O que você entende por seguir a Cristo?

Pense, medite e ore!

Que Deus nos abençoe

ricamente hoje e sempre. Amém

Robson Binotto

0 comentário