DISCÍPULOS DE PALAVRA E DE AÇÃO


Jesus além de fazer daqueles homens seus discípulos, levando-os a participar com Ele no dia-a-dia, lado-a-lado de seu ministério, também dedicava tempo à instrução dos doze, para que fossem homens de palavra e de ação. Ele lhes disse: "A vocês foi dado o mistério do Reino de Deus..."(Mc 4.11a).


Ele os preparou para enfrentar oposição e rejeição e eles estavam cientes de seu compromisso. Jesus treinava os seus discípulos no ardor da batalha. Às vezes levava-os a algum lugar especial, mas o treinamento se dava no "campo de ação".


Foram escolhidos para estar com Ele, com o objetivo grandioso de serem preparados para testemunharem da Palavra viva. Era um treinamento direcionado, a fim de que o fruto da ação deles fosse permanente. Ele não os escolheu para que vivessem reclusos, em comunhão apenas entre eles, mas onde a batalha se travava.


Ser discípulo de Jesus é colocar em ação a sua Palavra com todo seu coração.


Pr. Robson Binotto

0 comentário